Viagens Literárias - Coluna da Yasmin


Bem, 2013 chegou e não poderia deixar de comentar as minhas “aventuras” pelo mundo dos livros, destaco aqui três deles lidos por mim este ano. São eles Memórias de uma gueixa, Julieta e A maldição do tigre, três livros com abordagens diferentes, contudo fazem passeios por vários países, culinárias deliciosas e culturas bem interessantes.



Conheci e fiquei maravilhada com as gueixas de Gion, um distrito japonês muito tradicional, com suas casas de chá divertidas e animadas pelo som dos shamisens – instrumento musical de corda tocado pelas gueixas. Não posso deixar de relatar a riqueza bem detalhada dos quimonos de seda, com seus obis e adornos de cabeça.
Fiz uma aventura alucinante pelas contradas de Siena, com seus palácios mesclados entre o medieval e o moderno. Uma cidade do presente ainda tão mergulhada no passado. Conheci antepassados da “verdadeira” Julieta, que Skakespeare posteriormente apresentou ao mundo num romance belo e trágico. Devo dizer que a Itália – e seus italianos - sempre me encanta, aqui, sobretudo os sienenses.

Por fim, estou ainda envolvida na ação compulsiva da história de um tigre e sua amada, ou melhor, de dois tigres e uma mocinha. A Índia é encantadora, fantástica culturalmente, gastronomicamente e em seus rituais e tradições religiosas, que desprovido de qualquer preconceito, vale a pena conhecer. Conhecer e desvendar os mistérios dessa terra tá sendo de um prazer imenso, e minhas expectativas estão sendo correspondidas a contento.

Enfim, pra deixar um “gostinho de quero mais” e atiçar a curiosidade dos leitores assíduos por boas histórias – como eu -, seguem aqui alguns trechos de cada uma das obras citadas acima. Divirtam-se.

A dança é a mais reverenciada das artes de uma gueixa. Só as mais belas e promissoras são encorajadas a se especializar nisso, e nada exceto talvez a cerimônia do chá pode-se comparar à riqueza de suas tradições. A Escola de Dança Inoue, que é a que as gueixas de Gion praticam, deriva do teatro Nô. Como Nô é uma arte muito antiga, sempre foi patrocinada pela Corte Imperial, e as bailarinas de Gion consideram sua arte superior à praticada no distrito de Pontocho, do outro lado do rio, que vem do kabuki deste século. [...] Mas kabuki é uma forma relativamente nova de arte; não existia antes de 1700. E sempre foi apreciada por pessoas comuns, em vez de ser patrocinada pela Corte Imperial. Simplesmente não se pode comparar a dança em Pontocho com a Escola Inoue de Gion”.
                                                                                 Memórias de uma gueixa, pág. 162

 “O mundo se desenvolvera a seu redor, mas Siena não se importava. O direttore Rossini me dissera que, para os sienenses, a era de ouro tinha sido o final da Idade Média e, à medida que fui andando, percebi que ele tinha razão. A cidade se apegava a seu eu medieval com obstinado descaso pelos atrativos do progresso. [...] Como resultado, o que havia de mais belo em Siena era sua integridade. Mesmo no presente, num mundo que havia parado de se importar com essas coisas, ela ainda era a Sena Vetus Civitas Virginis, ou, na minha língua, a Velha Siena, a Cidade da Virgem. E, por essa razão, [...], era o único lugar do planeta onde valia a pena morar.”
                                                                                                                 Julieta, pág. 38
“Aos poucos fui me acostumando o suficiente para começar a apreciar os lugares por que passávamos e, com interesse, vi incontáveis mercados multicoloridos e camelôs vendendo artigos variados. [...] Todos pareciam vender alguma coisa. Outdoors exibiam anúncios de consultas de tarô, quiromancia, tatuagens exóticas, piercings e pintura corporal com hena. A cidade inteira era um panorama turístico vibrante, enlouquecido e apressado, com pessoas de todos os tipos e classes sociais. Parecia não haver um só centímetro quadrado desocupado na cidade.”
                                                                                              A maldição do tigre, pág. 70

Yasmin Almeida - 23 anos

 Estudante de Ciências Sociais. Amante da boa leitura e sempre ávida por conhecimento. Apaixonada pelo futebol, artes e cinema.



16 comentários:

  1. Oi Yasmin!
    Dessa lista, só li Julieta e o livro é mesmo incrível!
    Eu pretendo ler Memórias de Uma Gueixa um dia, porque vi o filme e gostei muito!
    A Maldição do Tigre eu não tenho muita curiosidade!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Oi Meninas, achei incrível essa rápida volta ao mundo :D rsrs
    Sempre conhecemos locais lindos por meio de nossa leitura, né? Acho incrível isso ;D Não li ainda nenhum desses livros, mas espero ter oportunidade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Só li Memória de uma Gueixa e fala sério que livro...Eu amei ;)
    Julieta tenho vontade de ler, Maldição do Tigre tbm, até tenho ele aqui em casa logo eu leio ;)
    belo post.
    beijos
    Brubs/contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Yasmin :D

    Desse eu só li Memorias de uma Gueixa e adorei!!
    Beeijão e seja bem vinda!

    ResponderExcluir
  5. Oi So,Yasmin!

    Já li muitas resenhas do livro Memória de uma gueixa,dizem que é maravilhoso,gostaria de ler um dia.

    Bjos
    http://www.roubandolivros.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Julieta realmente nos leva a uma incrível e inesquecível viagem pela Itália...
    Beijinhos no coração.
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá yasmin,
    da lista o único que ainda não li foi Julieta.
    Eu amei memórias de uma gueixa, e logo que terminei de ler assisti ao filme e gostei bastante da adaptação.
    A série A maldição do tigre é uma das minhas queridinhas.
    bjos

    ResponderExcluir
  8. Desses que você citou só li As memorias de uma gueixa. Amei o livro, a história é linda e me emocionei bastante. A maldição do tigre eu tenho aqui, mas ainda não li.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oi linda vim retribuir a visitinha amei o seu blog!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Eu já li os três livros e gostei apenas de "A Maldição do Tigre" e "Memórias de Uma Gueixa". "Julieta" me decepcionou na realidade.
    "Memórias de Uma Gueixa" é ótima. Um dos livros que pretendo reler qualquer dia desses.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  12. Dos três, tenho bastante vontade de ler Julieta e Memórias de Uma Gueixa. Parecem ser livros muito bons. :)
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  13. Só li Memórias de uma gueixa, flor. Mas tenho muita vontade de conhecer os tigres e a Julieta, também.
    Adorei essa coluna. Sucesso, beijos
    Ju - Céu de Letras

    ResponderExcluir
  14. Desse livros eu já li "A maldição do tigre" gostei s2
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Quantos livros bons
    Amei as indicações
    Desses eu já li A maldição do tigre - que é muito bom

    Beijos
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Adorei a coluna! "Julieta" é um livro que eu já possuo e quero muito ler, enquanto "A maldição do tigre" está na minha listinha (inha? aham, Karine) de desejados. :)
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir

Que tal escrever sobre o que achou da postagem, seu ponto de vista do determinado assunto? É extremamente importante saber sua opinião.
Compartilhe seus conhecimentos conosco e com os leitores do blog!
Ressaltando que comentários exclusivamente promocionais, spam, ou divulgações de blogs serão apagados.