Ei! Tem alguém aí? (Jostein Gaarder)


Autor: Jostein Gaarder
Páginas: 127
Editora: Companhia das Letrinhas (Companhia das Letras)
Ei! Tem alguém aí? tem um significado muito grande para mim, e senti que necessitava relê-lo este ano.
A partir deste livro meu interesse pelo mundo literário surgiu, já que estava cansada dos típicos contos de fada e devo dizer que esta é uma excelente introdução à literatura.

Com uma narrativa simples e inocente, conhecemos Joakim, um garoto de 08 anos que está esperando o nascimento de sua irmanzinha, ou irmãozinho, como ele afirma ter certeza ser, quando conhece Mika, um ser de outro planeta extremamente curioso e peculiar.

Se eu pudesse, sem dúvidas distribuiria Ei! Tem alguém aí? para todas as crianças, jovens e também, a adultos. Como disse  no início, Gaarder construiu a história de Mika e Joaquim de uma maneira bastante simples, e esta simplicidade levou a questionamentos acerca do universo e sobre nós mesmos.


"Às vezes as pessoas dizem que tiveram 'um dia comum'. Isso me deixa meio aborrecido, porque não existem dois dias iguais. E nós também não fazemos a menor ideia de quantos dias de vida ainda temos pela frente!"


No decorrer do livro, acompanhamos Mika e Joakim, que passam 24 horas juntos e neste tempo conversam sobre diversos assuntos, entre a origem, evolução da vida, e especialmente: quem somos? De onde viemos?
Ainda que Ei! Tem alguém aí? seja um infanto-juvenil, puxando para o infantil, não podemos ignorar o quão belo é o desenvolvimento dos personagens e suas descobertas. E ainda os questionamentos destes inocentes personagens que chegam a seu leitor.

"Você não acha que deve haver também uma força que nos puxou para fora dos oceanos, e nos deu os olhos para ver o e o cérebro para pensar?'
Não tinha a menor ideia do que responder. Limitei-me a dar de ombro. Mika disse por fim:
' Às vezes penso que as pessoas que não acreditam nisso devem ter um sentido importante a menos."

E afirmo novamente: gostaria (muito) de poder distribuir este livro a cada ser deste planeta, especialmente aos novos leitores, é um ótimo começo literário.

16 comentários:

  1. Olá.
    Adorei a resenha, tomos somos eternar crianças rs, ainda amo ler livros infanto-juvenil e ainda é puxado para infantil?
    Parece legal e se pudesse distribuir seria ótimo, chato ver que muita gente ainda não por exemplo O pequeno príncipe rs.

    Beijos
    De tudo um pouco da Thá

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sofia! Tudo bem? Eu não conhecia esse livro, mas só pelo jeito que você falou sobre a história, já deu para entender que ele é especial! Gosto desse tipo de livros que não tem rótulos quanto ao público alvo, tendo uma história boa e comovente já é o suficiente para mim! Definitivamente, é um livro que quero muito ler agora (: Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, Sofia, você me deixou nostálgico agora! Peguei esse livro na biblioteca e li há alguns anos atrás, lembro que o achei fantástico na época, lendo sua resenha relembrei da história linda que o livro traz. Quero ler de novo *-*
    Beijos!

    Gustavo Valim
    http://jantandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, mas, como adoro livros assim, nesse estilo, fiquei com vontade de ler. São em livros assim, aparentemente simples, que aprendemos valiosas lições. Lembrei, enquanto lia sua resenha, de A Jornada, da Novo Conceito. Um dos meus favoritos <3
    Companhia das Letras. Tenho andado pelo catálogo deles e descoberto grandes títulos assim.

    João Victor - Amigo do Livro
    http://amigodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um livro muito lindo! Vou procurar e colocar na lista dos "Quando minha afilhada aprender a ler, ela vai ganhar". rsrs É sério! Hoje eu dei o primeiro da lista, mas ela ainda não sabe ler então ele é mais figuras que letras ^-^ Enfim, ver as perguntas "fundamentais" da vida do ponto de vista de uma criança é sempre interessante, por mais simples que seja.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  6. Sofie que resenha mais linda *-*
    Não conhecia o livro, adoro livros assim, fiquei sem palavras, se eu tiver a oportunidade vou comprá-lo. Ao ler me lembrei de O Pequeno Príncipe, livro favorito e fofo que foi um dos que me iniciou na leitura <3
    Beijos
    Brubs
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Primeira resenha que leio desse livro e agora quero ler !!! <3
    Bjs
    http://www.porumaboaleitura.com.br/2014/01/mudando-de-assunto-entrevista-com_26.html

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a historia é baseada no pequeno príncipe

      Excluir
  9. Não conhecia esse livro, mas vou procurar para ler. Depois da sua resenha fiquei interessada.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oi Sofia!
    Que livro lindo.. Deu pra perceber que é um livro muito tocante mesmo! Gostei muito da citação que você separou sobre "dias comuns". Eu costumo dizer que livros infantis são tão fortes (na questão de passar um sentimento, uma ideia, um pensamento, um aprendizado) quanto um livro voltado para o público adulto. É por isso que eu amo livros infantis..

    Beijos,
    Leitora Online

    ResponderExcluir
  11. Sua resenha me fez ficar toda arrepiada.
    Acho que é mais ou menos como Pequeno Príncipe. A vontade que a gente tem é de distribuir a todo ser que respira.
    Adorei, adorei. E nunca tinha ouvido falar.
    Você já pode distribuir um pra mim rs.

    M&N | Desbrava(dores) de Livros

    ResponderExcluir
  12. bem, esparecer-ser bem divertido
    beijos
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, So...fia.
    Adorei o livro/resenha, sou um fã de livros que tem uma forma simplista de nos emocionar e surpreender, mesmo com tamanha simplicidade se tornam incríveis.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Sofia, acredita que tenho este livro há um tempão e nunca li? O único do autor que já li foi O Mundo de Sofia e até hoje não sei dizer se gostei ou não, achei tão confuso...acho que vou ler este em seguida, fiquei empolgada com a sua resenha.

    Beijoks, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Sofia,graças a você comprei este livro que nem conhecia.Lendo sua resenha,quis comprar,
    li com tanta vontade que em 4 dias termine de ler ele inteiro,parabéns pela resenha

    ResponderExcluir

Que tal escrever sobre o que achou da postagem, seu ponto de vista do determinado assunto? É extremamente importante saber sua opinião.
Compartilhe seus conhecimentos conosco e com os leitores do blog!
Ressaltando que comentários exclusivamente promocionais, spam, ou divulgações de blogs serão apagados.