O Sobrevivente (Gregg Hurwitz)

Título Original: The Surviver
Autor: Gregg Hurwitz
Páginas: 368
Editora: Arqueiro

Nate Overbay está prestes a se jogar de um prédio, quando uma saraivada de tiros desperta sua atenção. Seis bandidos se encontram no 11º andar do First Union Bank e estão matando e agredindo tudo e todos que se colocam no caminho do tão almejado cofre. Chocado pela cena de horror e tomado pela fúria, Nate, não tendo nada a perder (afinal, ele já estava suicidando mesmo) parte para cima dos assaltantes e acaba por matar 5 deles. Porém, antes do sexto e líder dos bandidos fugir, ele dá uma aviso a Nate: "Ele vai fazer você pagar. De maneiras que você nem imagina."

Anos antes, afastado da esposa e de sua filha, Nate torna-se um homem sozinho e sem grande alegria após voltar da guerra, onde presenciou mortes terríveis e que o acompanhariam pelo resto da vida. Devido a tamanha tristeza e falta do pelo que lutar, Nate não tem nada a perder ao se jogar de um prédio. Após seu ato heroico, nosso protagonista logo percebe que a ameaça do sexto bandido é verdadeira, e que a vida de sua filha corre muito perigo. Nate terá que fazer de tudo para salvar sua família e reconquistar o amor dela.


Provavelmente se eu tivesse que definir O Sobrevivente em uma palavra, seria imprevisível. A leitura seguiu por um caminho completamente diferente do que imaginei e me surpreendeu muito com o ritmo da leitura. Chega um momento em que você não sabe absolutamente nada do que o personagem irá fazer, é quase como assistir a um filme. Dizer que eu gostei de O Sobrevivente talvez seja pouco.
A leitura me envolveu completamente, me vi ávida por saber o que iria acontecer, para desvendar os dramas dos personagens e isto tudo contribuiu para uma leitura m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-a, sem dúvidas. O livro todo é narrado em terceira pessoa, o que nos dá uma ampla visão acerca dos personagens, além de correr em um ritmo envolvente e inesperado. Como disse de início, O Sobrevivente seguiu e explorou um caminho que eu, particularmente, não esperava e isto de forma alguma pode ser enquadrado em uma decepção, pelo contrário. Tornou-se ainda melhor do que eu havia imaginado.

Nate já não tem um relacionamento muito bom e agradável com sua mulher e filha, e no desenvolvimento do livro podemos acompanhar toda a tentativa de reconquista da confiança que ambas tinham nele. É interessante poder entender todos os pontos de vista dos personagens, os motivos de cada um, os dramas que eles vivenciam e acima de tudo, essa reconquista do Nate.
O Sobrevivente  é um thriller de tirar o fôlego, literalmente. O autor consegue nos brindar com uma narrativa fluida e uma história cheia de ação. Assim como citei na resenha de Reconstruindo Amelia, O Sobrevivente consegue a mesclagem do drama e thriller muitíssimo bem e sem confundir ambas as coisas.

Eu indico muito O Sobrevivente. Muito mesmo. É um thriller sensacional, cheio de ação e reconquistas, que eu creio que irá agradar não só aos fãs de thrillers, mas também aos que buscam uma leitura rápida e espetacular.

(O QUE FOI aquele final??)
Sabe quando você fala, fala, fala mas não sente que conseguiu dizer algo? Assim que eu me sinto.

14 comentários:

  1. Haha sei como é se sentir assim! Mas juro que tenho um certo receio de livros assim, pois até eu embarcar na 'coisa' acabo perdendo a paciência com a leitura e não consigo me concentrar na mesma. Quem sabe um dia eu decida lê-lo!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sofia! Tudo bem? =D
    Estou louca para ler Reconstruindo Amelia, então a comparação já me deixou instigada!
    Gosto muito de thrillers, principalmente quando o autor sabe fazer as reviravoltas de forma coerente. A própria premissa do livro eu já achei bem criativa e diferente, nunca tinha visto nada igual.
    Dica anotada! *-*
    Beijão,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sofia.
    Desde que esse livro foi lançado pela Arqueiro e eu li a sinopse me chamou atenção.
    Gostei de seu ponto de vista e eu sendo um fã de livros do gênero tenho que ler.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha lido uma outra resenha desse livro e me interessado muito. Bom saber que sua opinião também é positiva. Já anotei aqui para ler, pois, com certeza irei gostar.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Olá Sofia,
    Esse livro me chamou a atenção desde quando eu vi e consequentemente pretendo ler ele, só que não no momento, recentemente li algo com uma narrativa parecida e quero dar um tempo de um para o outro. Ah, mas é tão bom quando o livro nos prende e nos deixa sem saber qual será o próximo passo do personagem, por isso que sou fã do suspense.

    Lucas - Carpe Liber
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Sofia!!

    Sua resenha me deixou bem curiosa e quero ler o livro.
    Amo triller e pelo que vi por aqui vou adorar lê-lo.
    A sessão de ler livros é tão boa.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. É uma livro que me chamou atenção desde o seu lançamento. Gostei da premissa, e pelo o que você disse é um ótimo livro!!

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  8. Ele se jogar de um prédio me lembrou de o vendedor de sonhos, mas NADA A VER
    Acho que pela sua emoção, parece ser MUITO MUITO MUITO bom e impossivel parar de ler haha adoro livros assim!
    A primeira também é linda e a autora é um amor <3
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sofia!Tudo bem?
    Estou gostando e muito das resenhas de "O Sobrevivente", logo pela sinopse a história parece ser imprevisível mesmo e eu fiquei ainda mais curiosa para conferir a trama depois da sua resenha! Acho interessante também esse passado do personagem principal, isso é algo que eu vi em poucos livros, infelizmente e que eu gostaria de saber mais. Já faz um tempinho que não leio nenhum thriller, acho que já passou da hora de me deliciar com essas narrativas novamente né? (: Adorei a sua resenha e fiquei super empolgada! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi não conhecia o livro mas fiquei bem interessante eu adoro trillers! Adorei encontrar a resenha dele por aqui!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse livro, mas parece muito bom, principalmente se te deixou tão sem palavras. Às vezes é difícil falar de um bom livro sem dar spoilers, né?
    Pelo que você falou, esse livro parece aquele filme Busca implacável, não?

    http://blogsemserifa.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Oie Sofia =)

    Apesar de já ter visto a capa desse livro em alguns blogs, a sua é a primeira resenha que eu leio e confesso que a principio a história não me chamou muito a atenção, - infelizmente.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary




    ResponderExcluir
  13. Olá, Sofia.
    Eu ia solicitar esse livro, mas tinha mudado de ideia justamente por ele não fazer meu estilo. Mas vejo que me enganei, já estou com vontade de conhecer a obra.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, Sofia!
    Eu até tinha uma pequena ponta de curiosidade a respeito desse livro e a sua resenha foi a primeira que li sobre ele. Pretendo lê-lo agora. Parece ser uma leitura bastante instigante e eu adoro isso.
    Espero não me decepcionar e me surpreender assim como você.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir

Que tal escrever sobre o que achou da postagem, seu ponto de vista do determinado assunto? É extremamente importante saber sua opinião.
Compartilhe seus conhecimentos conosco e com os leitores do blog!
Ressaltando que comentários exclusivamente promocionais, spam, ou divulgações de blogs serão apagados.